Já pensou em ser atendido por você mesmo?

October 31, 2017

 

Pode parecer uma pergunta estranha ou até mesmo sem sentido, mas você já parou para pensar como seria ser atendido por você mesmo? Pausa para reflexão. E aí? A experiência seria boa, ruim ou difícil de se imaginar? Independente da resposta, identificar o seu perfil como vendedor pode te ensinar muito e te ajudar a crescer e ter mais sucesso nas vendas. Como? Confira essas dicas e veja se concorda com a gente.

 

Sou do tipo prático

 

O cliente quer o produto X e o vendedor prontamente pega e entrega. Simples, rápido e prático, sem muita conversa. O cliente vai embora e o vendedor já está pronto para atender o próximo. Se um dia aquele cliente voltar a loja, provavelmente um não lembrará do outro.

 

Para quem quer ter sucesso nas vendas e ter alta performance comercial, esse não é um bom exemplo a ser seguido. Praticidade não pode significar falta de interesse, mas sim domínio da área e do produto, abordagem direta e segura, ou ainda capacidade de entender e entregar corretamente o pedido, sem falhas. Tudo isso é favorável e positivo.

 

Sou do tipo amigo

 

O cliente quer o produto Y e o vendedor primeiro pergunta o nome, se é daquela cidade, se está com pressa, se quer um café e por aí vai. Aqui há o risco do cliente fugir, mas há também grandes chances da conversa ir se desenrolando até descobrirem parentes em comum.

 

Neste caso, a dica é aproveitar o relacionamento criado para oferecer mais do que um produto. Entender a realidade proporciona novas oportunidades de negócios. O cliente vai passar o whatsapp ou o e-mail, vai passar a curtir a fanpage da loja e ainda se tornar um promotor! Esse engajamento é ótimo e fideliza o cliente.

 

Sou do tipo estudioso

 

O cliente quer o produto Z e o vendedor sai falando tudo o que sabe sobre a marca, as opções que a loja oferece, todos os diferenciais, mostra os concorrentes e pega a calculadora para fazer as contas. Esse vendedor tiraria 10 na prova, caso houvesse, mas o cliente pode ficar perdido, desinteressado ou até entediado.

 

Saber é bom, ou melhor, é fundamental. Mas dosar o que deve ser falado para o cliente é o mais correto. Hoje, o consumidor tem muito conhecimento e informação. Provavelmente ele vai na sua loja sabendo tanto quanto você, então cuidado. Sempre peça permissão para comentar as características, benefícios e condições especiais do produto. Pergunte ao cliente o que ele já sabe sobre a marca. Confira se as expectativas dele são reais ou são apenas superficiais.

 

Sou do tipo certo

 

Não vamos dar exemplo porque nesta área não existe o que é certo ou o que é errado, mas sim o que é desejável para cada situação. Você, profissional de vendas, sabe melhor do que ninguém que devemos ser um pouco de tudo para o sucesso de um negócio.

 

Agora faça o teste. Imagine você sendo atendido por você mesmo. Gostou? Então compartilhe com a gente e continue acompanhando o nosso blog. Inscreva-se e curta a nossa fanpage.

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon

CATÁLOGO 2019

cozimax-moveis-de-aco-download-catalogo-

WHATSAPP

Sem título.jpg

EBOOKS

Não caia em pegadinhas de site de compras online, confira no E-book dicas e informações que vão ajudar você a se proteger na hora de comprar pela internet.